sábado, 13 de maio de 2017

ATIVIDADE DE COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO - GÊNERO TEXTUAL: CHARGE II

ATIVIDADE DE COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO - GÊNERO TEXTUAL: CHARGE II






01. Ao analisar a charge acima, podemos depreender uma crítica, principalmente, com relação
A) ao aumento avassalador dos assaltos à mão armada em todo país.
B) à corrupção que empobrece e envergonha o povo brasileiro.
C) à alta carga de impostos a que o povo brasileiro é submetido.
D) à alta taxa de inflação que encareceu os preços de roupas e outras mercadorias.
E) ao descaso do poder público com as reais necessidades do povo brasileiro.

02. Ao ler “Que nada! Vai preparando os olhos da cara”, no 3º quadrinho, subentende-se que
A) o povo pagará caro pelas atitudes.
B) a situação do povo mudará p melhor.
C) os impostos do governo aumentarão.
D) a opressão contra o povo aumentará.
E) a inflação dos produtos está exorbitante.

03. A expressão “arrancou a nossa pele”, no 2º quadrinho, está relacionada
A) à sansão a alguns direitos adquiridos pelos cidadãos.
B) à censura que limita a liberdade de expressão.
C) ao desemprego e às desigualdades sociais.
D) às exigências trabalhistas do governo e dos patrões.
E) à exploração tributária sofrida pelo povo.

04. Em “Desta vez chegamos ao limite! O Governo arrancou a nossa pele.”, encontramos a presença de dois pronomes cuja classificação é
A) um possessivo e um demonstrativo, respectivamente.
B) um pronome demonstrativo e um pessoal do caso oblíquo.
C) um pronome pessoal do caso reto e  um possessivo.
D) um demonstrativo e um possessivo, respectivamente.
E) dois pronomes demonstrativos.

05. No gênero textual Notícia, é muito comum o uso de um determinado tempo verbal que tem por objetivo transmitir a ideia de fato atual, recém acontecido. Em “Arrecadação de impostos bate recorde: 333,577 bi!!”, o verbo grifado está conjugado no tempo
A) Futuro do presente do modo indicativo.
B) Presente do modo indicativo.
C) Afirmativo do modo imperativo.
D) Presente do modo subjuntivo.
E) Pretérito Perfeito do modo indicativo.



Disponível em http://www.r2cpress.com.br/v1/2011/10/30/charges-sobre-a-corrupcao/. Acesso 13/05/2017, às 10:53.

06. Ao analisar a última frase da charge, pode-se dizer que a principal crítica é que
A) no Brasil, não há corrupção.
B) nossos políticos são muito honestos.
C) no Brasil, existem muitas pessoas corruptos.
D) a corrupção é uma doença banida do país.
E) a população mente nas pesquisas.

07. A conjunção “MAS” presente na fala do entrevistado tem função de
A) ligar orações estabelecendo entre elas ideia de contrariedade.
B) ligar orações estabelecendo entre elas ideia de adição.
C) ligar orações estabelecendo entre elas ideia de alternância.
D) ligar orações estabelecendo entre elas ideia de explicação.
E) ligar orações estabelecendo entre elas ideia de conclusão.



Disponível em http://jananias.blogspot.com.br/2009/10/charges-interessantes.html. Acesso em 13/05/2017, às 10:56.

08. A charge critica a política executada pelos planos de saúde, pois
A) cobram mais caro dos jovens e mais barato dos idosos, porque estes precisam mais.
B) cobram muito caro da população e não prestam um serviço de qualidade.
C) privilegiam os jovens, já que eles usam muito os planos de saúde.
D) os planos de saúde agem de forma humana e tratam todos os pacientes com igualdade.
E) privilegiam os jovens, que usam pouco, e discrimina os velhos, que usam mais os planos de saúde.

09. A imagem do esqueleto com a foice nas mãos representa na charge
A) o interesse dos planos de saúde em cuidar bem das pessoas idosas.
B) o descaso e o desinteresse com que os planos de saúde tratam seus clientes idosos.
C) a realidade cruel do sistema público de saúde e a má assistência aos idosos.
D) a baixa expectativa de vida do povo brasileiro.
E) os idosos são o público mais propenso a apresentarem doenças.

10. A imagem da atendente do público jovem nos faz inferir que
A) os planos de saúde oferecem o mesmo tipo de atendimento para jovens e idosos.
B) os planos de saúde valorizam e incentivam o trabalho da mulher.
C) os planos de saúde têm mais interesse em conquistar clientes jovens.
D) os planos de saúde desvalorizam os clientes jovens porque teriam menos recursos financeiros.
E) a mulher é desvalorizada e é representada sob uma concepção machista.







Gabarito: 01. C / 02. C / 03. E / 04. D / 5. B / 06. C / 07. A / 08. E / 09. B / 10. C



Nenhum comentário:

Postar um comentário